NGC 4485 | Galáxia incendeia-se com novas estrelas nascidas do encontro íntimo

A galáxia irregular NGC 4485 mostra todos os sinais de ter estado envolvido em um acidente de atropelamento e fuga com uma galáxia de contorno. Em vez de destruir a galáxia, o encontro casual está gerando uma nova geração de estrelas e presumivelmente planetas.

O lado direito da galáxia está em chamas com a formação de estrelas, mostrada na pletora de jovens estrelas azuis e nebulosas incubadoras de estrelas. O lado esquerdo, no entanto, parece intacto. Contém dicas da estrutura espiral anterior da galáxia, que, ao mesmo tempo, estava passando por uma evolução galáctica normal.

A galáxia culpada maior, NGC 4490, está fora do fundo do quadro. As duas galáxias se enfrentaram há milhões de anos e estão agora a 24.000 anos-luz de distância. O cabo-de-guerra gravitacional entre eles criou ondulações de gás e poeira de alta densidade dentro de ambas as galáxias. Esta atividade provocou uma onda de formação de estrelas.

Esta galáxia é um exemplo próximo do tipo de atividade cósmica de pára-choque que era mais comum há bilhões de anos, quando o universo era menor e as galáxias estavam mais próximas.

NGC 4485 fica a 25 milhões de anos-luz de distância na constelação do norte Canes Venatici (os cães de caça).

Esta nova imagem, capturada pela Wide Field Camera 3 do Hubble (WFC3), fornece uma visão adicional das complexidades da evolução da galáxia.

O Telescópio Espacial Hubble é um projeto de cooperação internacional entre a NASA e a ESA (Agência Espacial Européia). O Centro de Voos Espaciais Goddard, da NASA, em Greenbelt, Maryland, administra o telescópio. O Instituto de Ciência do Telescópio Espacial (STScI) em Baltimore, Maryland, conduz operações científicas do Hubble. O STScI é operado pela NASA pela Associação de Universidades de Pesquisa em Astronomia, em Washington, D.C.

Crédito de texto: Instituto de Ciência do Telescópio Espacial
Crédito da imagem: NASA, ESA;
Conyrcimen: T. Roberts (Universidade de Durham, Reino Unido), D. Calzetti (Universidade de Massachusetts) e a Equipe de LEGUS, R. Tully (Universidade do Havaí) e R. Chandar (Universidade de Toledo)

Telescópio Espacial Hubble

(NASA)

Texto: Júlia Machado

10 thoughts on “NGC 4485 | Galáxia incendeia-se com novas estrelas nascidas do encontro íntimo

  1. Affiliate program says:

    Wonderful goods from you, man. I have understand your stuff previous to and you’re
    just extremely wonderful. I actually like what you have acquired here,
    certainly like what you are saying and the way in which you say it.

    You make it entertaining and you still take care of to keep it smart.
    I can not wait to read much more from you. This is really a great website.

  2. vurtilopmer says:

    I loved up to you will receive carried out proper here. The comic strip is attractive, your authored subject matter stylish. however, you command get got an nervousness over that you wish be handing over the following. unwell unquestionably come further formerly once more as precisely the same just about a lot frequently inside of case you defend this hike.

  3. https://royalcbd.com/shop/ says:

    I’ve been surfing on-line more than 3 hours nowadays,
    but I by no means found any interesting article like yours.
    It is beautiful value sufficient for me. In my view, if all
    website owners and bloggers made excellent content as you probably did, the net will likely be much more helpful than ever before.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Click to listen highlighted text!